Logotipo NIPE

Publicações

How Does The Type of Remuneration Affect Physician Behavior? Fixed Salary versus Fee-for-Service

Fonte

(2020) American Journal of Health Economics , 6

Como é que a forma de remuneração dos médicos altera o seu comportamento?

Neste estudo, os autores comparam de que modo o tipo de remuneração dos médicos noruegueses de clínica geral afeta o modo como acompanham e tratam os seus pacientes. Em causa estão duas formas essenciais de remuneração: um salário fixou ou um pagamento variável, em função dos serviços prestados.

O que as principais conclusões deste estudo parecem indicar é que os pacientes acompanhados por clínicos com uma remuneração variável fazem mais exames, têm mais consultas, mas também têm uma menor probabilidade de terem que ser internados de urgência, menos de duas semanas depois da última consulta.

Se é verdade que podemos ter um custo maior com tratamentos, e isso é importante para quem os paga, podemos ter também uma poupança, porque a probabilidade de os pacientes terem que ser internados de urgência é menor quando estão a ser acompanhados por médicos que recebem uma remuneração variável.

No entanto, estes são temas extremamente complexos, e por isso os autores preferem não enfatizar em demasia estas clivagens. Os dados parecem indicar uma tendência, que é importante considerar quando se lida com estas questões: os incentivos são importantes, e os médicos respondem positivamente a incentivos financeiros.

Este estudo foi possível graças à disponibilidade de dados robustos na Noruega, não só sobre as formas de remuneração dos clínicos, mas de todos os atos médicos que realizaram ao longo do período em análise, 2009 a 2013. Neste intervalo de tempo foi mesmo possível comparar os dados de médicos que trabalharam com as duas formas de remuneração.

Infelizmente, este tipo de dados não estão disponíveis em Portugal, o que seria importante, não só para permitir outros trabalhos académicos, mas até para definir as futuras políticas de remuneração de médicos.